Ir para conteúdo
FCC

Professor (Brasil)

Felipe Coelho

Considerado "A cara do novo violão brasileiro" (Revista Violão Mais 2016), "um dos mais importantes violonistas brasileiros da nova geração" (Revista Guitar Player Brasil 2017) e "Melhor Instrumentista Catarinense" pelo prêmio Música SC 2014, Felipe Coelho é representado internacionalmente pelos selos Hot Club Records e Tratore, tendo sete discos disponíveis nas principais plataformas e sua oitava obra autoral com produção em andamento. Formou-se Bacharel em Jazz aos 21 anos pela UA (EUA) premiado bolsa de estudos, e Mestre em JAZZ pela GSU (EUA) com apenas 23 anos desempenhando posição de professor assitente (Assistant Professor) e novamente bolsista integral. Retornando ao Brasil deu início a incessante produção autoral o que o levou a participar de mais de 40 festivais de música e realizar 13 turnês tendo atuado em Nova Iorque, Chicago, Shanghai (China), Buenos Aires e nas principais capitais de quatro regiões do Brasil.

Seu trabalho como compositor leva a musica erudita camerística e orquestral de encontro com linguagens populares como o choro, o jazz e o flamenco e o levou a receber o aclamado Prêmio Funarte de Música (2011), realizando mais de 50 shows pelo país com o quarteto de cordas CataVento, posteriormente ingressando no meio orquestral. Foi convidado a apresentar-se como compositor e solista por diversas orquestras dentro em fora do Brasil com destaque para a orquestra Versatilis, liderada pelo quarteto de cordas de São Paulo, no Festival de Poços de Caldas MG (2016), a KSU Symphony Orchestra em Atlanta, EUA, e a Camerata Florianópolis em 2015 e 2019, além de executar o Concierto de Aranjuez com a Sinfônica de Santa Catarina (2017). Foi por três anos colunista da Revista Violão+, de âmbito nacional, desenvolvendo a coluna "Violão e Filosofia".

Nos últimos anos desenvolve canal no Youtube agregando comunidade demais de 7 mil integrantes. 

 

Foto: Tóia Oliveira