Ir para conteúdo
FCC

12h34

Oficina de Música de Curitiba inicia os Concertos Solidários

Começa nesta quarta-feira, dia 8, uma etapa crucial da 32ª Oficina de Música de Curitiba: até o final da programação, músicos voluntários farão apresentações especiais em asilos, orfanatos, hospitais e penitenciárias. Essas apresentações fazem parte da série de “Concertos Solidários”, coordenados pelo compositor, arranjador e professor da EMBAP Marco Aurélio Koentopp. Ele explica que, neste ano, a organização da Oficina de Música buscou programar os concertos solidários com maior antecipação.

“No período de inscrições, solicitamos aos candidatos que indicassem interesse em participar e tivemos um retorno muito bom”, conta Marco Aurélio. Os voluntários farão apresentações de instrumentos como violão, acordeão e bandoneón (instrumento semelhante à gaita, associado à cultura musical dos países do Cone Sul). Até o momento, a programação tem 14 apresentações confirmadas, e o número deve aumentar até o final da Oficina – as instituições interessadas podem entrar em contato com o próprio Marco Aurélio, no e-mail marcokoentopp@gmail.com ou pelos telefones 9192-0792 e 3203-3367.

O primeiro concerto solidário acontece nesta quarta-feira (08) às 14h30 no Lar Esperança (Rua Silvio Piotto, 300, Campo Comprido), que atende adultos em situação de risco.

Público de qualidade – Na sexta-feira (10), as pessoas em situação de risco (muitas das quais, moradoras de rua) atendidas pela Fundação de Ação Social (FAS) no Centro POP João Dorvalino Borba, no Centro de Curitiba, assistirão a uma apresentação do violonista Alex Gregório.

“Temos experiências com músicos voluntários que se apresentam aqui e o resultado é, sempre, muito bom”, diz a assistente social Cynthia Etsuko de Lima, coordenadora da instituição. “As pessoas gostam muito e se sentem valorizadas.” Na sexta-feira, a apresentação deverá reunir uma plateia de, pelo menos, quarenta pessoas. “O horário agendado, das 09h30, é ideal porque se ajusta ao padrão regular de atendimento”, observa a coordenadora.

Autor: Assessoria de Imprensa da FCC
Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Fale com a comunicação

Veja Também

Outras Notícias

Oficina de Música termina com show eletrizante de Margareth Menezes

Continue lendo

Erudito e popular viram uma só música em concerto de encerramento

Continue lendo

DJ BK 12 traz o RAP para a Oficina de Música de Curitiba

Continue lendo

Neymar Dias transporta a música de Bach para a viola brasileira

Continue lendo

Spok e Banda Lyra fazem o público dançar na abertura do Festival de Inverno

Continue lendo