Ir para conteúdo
FCC

Flauta Transversa Barroca - Música das paixões: como a psicologia cognitiva e a filosofia do século 17 podem mudar o desempenho atual - OUVINTE

Sopros

Os tratados musicais dos séculos XVII e XVIII referem-se à expressão da paixão como o objetivo último de um músico: ao sentir a emoção, o músico pode expressar a emoção com credibilidade e, ao expressá-la, ele a transfere para o público. Alguns musicólogos do século 20, em seu desejo de diferenciar a música barroca da romântica, promoveram concepções errôneas sobre a natureza das paixões. Eles descreveram as paixões como ideias simbólicas, conceitos intelectuais muito menos poderosos do que nossas emoções humanas diárias. No entanto, os filósofos dos séculos XVII e XVIII descrevem claramente as paixões como a categoria mais poderosa de emoções. Esta palestra irá reexaminar o pensamento histórico sobre a emoção e a subjetividade exigidas do performer, e colocar as paixões no contexto da psicologia cognitiva atual, afetividade interbodial e contágio emocional. 

 

Atenção: A aula será ministrada em inglês (haverá tradução).

Pré-requisitos: Não há

 

Classe OUVINTE

A inscrição neste tipo de classe dará direito de acesso às aulas gravadas, sendo estas disponibilizadas em até 24 horas após a sua realização. IMPORTANTE: Sem possibilidade de interação entre aluno(s) e professor(es).

ATENÇÃO: A INSCRIÇÃO NESTE CURSO DARÁ DIREITO DE ACESSO APENAS AO CONTEÚDO INDICADO NA EMENTA ACIMA.  PARA TER DIREITO DE ACESSO À TODAS AS AULAS GRAVADAS DA 38ª OFICINA DE MÚSICA DE CURITIBA, O ALUNO DEVERÁ REALIZAR A INSCRIÇÃO EM: TURMA ESPECIAL DE ACESSO À TODOS OS CURSOS - OUVINTE

Categoria
Antiga
Valor
R$ 30,00*
Local
Online - Plataforma Digital
Seleção
Não
Nº Vagas
500
Nº Inscritos
5
Professor
Jed Wentz (Estados Unidos da America)
Turma Única
Período
19/01/2021 à 19/01/2021
Horário das Aulas
  • 19/01/2021 - 00h00 às 06h00
* Matriculando-se em mais de um curso, você tem direito a um desconto progressivo.